(51) 3545-4999 | (51) 98111-4999 | (54) 99983-5959 | (51) 99749-4400

Blog

Novidades e conteúdo exclusivo sobre controle de pragas.

Pragas em restaurantes preocupam qualquer empreendedor do ramo. A presença de insetos nas instalações, especialmente na cozinha, representa um risco à saúde pública, sem contar que pode inutilizar os ingredientes em estoque. A seguir, saiba como controlar três ameaças corriqueiras: as baratas-francesas, as moscas e as formigas.

Barata-francesa

A Blatella germanica, apesar da nomenclatura científica, é mais conhecida como francesinha. Essa barata miúda não vive no esgoto, preferindo alojar-se em outras áreas úmidas e quentes. Nas cozinhas, além do abrigo, o inseto encontra comida à vontade.

Uma infestação de francesinhas pode começar via transporte passivo. Elas chegam ao local em sacolas plásticas ou embalagens de alimentos. Portanto, oriente sua equipe a inspecionar os insumos de fornecedores externos.

Uma vez dentro do ambiente, as baratinhas conseguem se esconder com facilidade. Elas põem até 50 ovos por vez, o que faz a colônia se expandir em poucos dias. As criaturas sobrevivem de migalhas ou das sobras acumuladas na louça suja. Por isso, as condições de higiene do restaurante devem, sempre, ser observadas.

Mosca

As moscas da espécie Musca domestica são uma das principais pragas em restaurantes, indústrias e outras empresas do setor alimentício. Caracterizadas pela coloração acinzentada, podem carregar microrganismos patogênicos, como vírus, bactérias e outros causadores de doenças.

Os insetos se alimentam de matéria líquida ou pastosa. Sendo assim, quando pousam num item sólido, liberam saliva para dissolvê-lo, o que pode contaminá-lo.

Esses seres adoram frutas e açúcar, mas também comem produtos em decomposição. É por isso que sobrevoam latas de lixo ou ingredientes que estejam expostos indevidamente. As precauções, então, incluem acondicionar alimentos em recipientes fechados e descartar rejeitos longe da área de trabalho. Uma ótima estratégia é o uso de armadilhas luminosas no controle desses insetos.

Dica: Livre-se dos insetos noturnos – use a armadilha luminosa

Formiga

Existem mais de 2 mil tipos de formigas no Brasil, muitos deles considerados pragas urbanas. Um dos destaques é a formiga-argentina (Linepithema humile), de cor marrom. A colônia, geralmente instalada num lugar com abundância de alimento, chega a atingir proporções gigantescas.

Os insetos se proliferam nos pontos mais inusitados, como atrás de azulejos e dentro de eletrodomésticos. Além de devorar pães, carnes, biscoitos e vegetais, as formigas vão atrás de água. Ou seja, é importante manter tanto a louça quanto a pia secas.

A presença dessas criaturas causa mais que quebra de mercadoria. Trata-se de um risco sanitário, visto que elas podem espalhar fungos e bactérias pelo ambiente.

Como controlar pragas em restaurantes

O controle de pragas em restaurantes é uma exigência das autoridades de vigilância sanitária. Quer saber mais sobre o assunto? Então baixe gratuitamente nosso e-book Alimentos mais que saudáveis.

Cabe ressaltar que as boas práticas de higienização e manutenção do local ajudam bastante, mas nem sempre impedem uma infestação. Para assegurar a proteção de restaurantes, cantinas, lanchonetes, bares e similares, recorra ao controle de insetos da Hoffmann a cada quatro meses. O serviço utiliza domissanitários autorizados pelos órgãos reguladores.

Entre em contato conosco e solicite um orçamento. Fones: (51) 3545-4999 | (51) 98111-4999 | (54) 99983-5959. Whatsapp: (51) 99749-4400. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios