(51) 3545-4999 | (51) 98111-4999 | (54) 99983-5959 | (51) 99749-4400

Blog

Novidades e conteúdo exclusivo sobre controle de pragas.

Talvez você tenha chegado a este post porque vem enfrentando problemas com insetos. Não teve dúvida: foi ao Google e procurou por uma empresa de dedetização.

Acontece que essa nomenclatura é antiga e não corresponde mais à realidade das imunizadoras, mesmo que muitas empresas ainda insistem em chamar assim. No ramo, convencionou-se adotar o termo controle de pragas. Pode parecer apenas um capricho, mas, de fato, trata-se de uma abordagem muito mais responsável ao tema. Entenda por quê.

Breve história do DDT

O diclorodifeniltricloroetano (DDT) foi considerado o primeiro pesticida moderno, sendo bastante utilizado durante a Segunda Guerra Mundial. Na época, servia para proteger os soldados do tifo, transmitido por um piolho. Mais tarde, a substância ajudou a combater os vetores da malária, da febre amarela e da leishmaniose, inclusive no Brasil.

Barato e altamente eficaz, o DDT passou a ser empregado nas lavouras, como forma de controlar infestações de parasitas. Porém, o uso desmedido do produto começou a causar problemas. Autoridades de saúde constataram que a substância contaminava o solo e os alimentos. Em humanos, podia causar distúrbios sensoriais, dificuldades respiratórias e até o óbito.

Aos poucos, o pesticida foi sendo abandonado. Por aqui, a fabricação, a comercialização e o uso foram proibidos em 2009, com a sanção da Lei nº 11.936.

Agrotóxicos ou Domissanitários

Além do cuidado com o DDT, a Agência de Vigilância Sanitária e o Ministério da Saúde do Brasil regulamentam o uso de Produtos Domissanitários em locais com circulação de pessoas. Isso significa que as empresas de Dedetização não podem usar produtos agrícolas na sua casa ou local de trabalho. Você sabia disso?

Por isso, na hora de contratar, pergunte para o prestador de serviço se os produtos são realmente domissanitários, pois estes são desenvolvidos com uma tecnologia que garanta mais segurança para a vida das pessoas e maior toxicidade para as pragas.

Diferença entre dedetização e controle de pragas

Hoje em dia, existe uma preocupação muito mais séria com o impacto de inseticidas, raticidas e afins no meio ambiente. Além de utilizar químicos autorizados pelo Ministério da Saúde, as empresas do ramo seguem manuais de boas práticas, ou ao menos deveriam seguir certos critérios para serem empresas adequadas à realizar dedetização. Assim, os procedimentos são conduzidos de modo que não interfiram no bem-estar de pessoas e animais.

É por isso que o termo “dedetização”, associado ao DDT, caiu em desuso, pois justamente se referiu ao mais reconhecido inseticida de todos os tempos. A nova nomenclatura abarca, de maneira mais adequada, as questões atuais de responsabilidade e segurança ambiental, mostrando que as pragas não são controladas apenas com veneno, mas também com outras medidas de segurança sanitária.

dedetizacao-versus-controle-de-pragas

Principais diferenças entre a dedetização e o controle de pragas.

Existem ainda outras terminologias para designar este mesmo processo. Detetização é um termo popular com função de sinônimo de dedetização, entretanto o único registrado nos dicionários da língua portuguesa é “dedetização” mesmo.

Desinsetização e desinfecção com inseticida também são nomenclaturas possíveis para classificar o processo de afastamento e controle das pragas pelo uso de inseticida.

A imunização, assim como chamamos nossa empresa desde o começo de seus atividades, é um processo que tem o intuito de tornar imune algo, no nosso caso é o seu ambiente.

Quais serviços fazem parte do controle de pragas?

Como dito anteriormente, o controle de pragas, também conhecido como dedetização, é um conjunto de técnicas e procedimentos. Para que seja específico a cada praga, ou seja, os serviços são destinados a realizar o controle de acordo com a infestação do cliente, com toxicidade seletiva.

Por isso, vou listar rapidinho quais são os principais serviços que fazem parte desse guarda-chuva de possibilidades:

  • Controle de insetos: desinsetização ou dedetização de insetos são os nomes mais comumente encontrados em sites de busca. Consiste no controle de aranhas, baratas, escorpiões, formigas, pulgas, moscas e traças, geralmente é executado em áreas urbanas a fim de reduzir a sua infestação;

Controle de insetos sendo realizado em uma residência.

  • Controle de ratos: desratização ou dedetização de ratos também podem ser nomenclaturas usuais. O principal foco de controle são os ratos de telhado, ratazanas e camundongos. Cada um desses bichinhos são diferentes e por isso precisam de metodologias distintas para maior efetividade;
Controle de ratos ou desratização

Controle de ratos sendo realizado em indústria.

  • Controle de cupins e brocas: descupinização ou dedetização de cupins e brocas também podem ser termos utilizados para designar esses serviços. Mesmo que o cupim seja um inseto, o que faria com que ele fosse uma praga do Controle de insetos, pelo seus comportamentos e habitat o controle deve ser feito como métodos bem específicos, pois isso as empresas consideram como um serviço diferente.

Controle de cupins e broncas sendo realizado em um piano.

Quando realizar o controle de pragas?

Quando eu explico sobre a necessidade de realizar o Controle de Pragas, normalmente é baseado em um informação: se ele quer um processo curativo ou preventivo. O serviço de caráter curativo visa a um controle imediato em ambiente com infestação de alguma praga; em contraponto o serviço preventivo é para locais que estão sem praga no momento e querem garantir a qualidade do espaço. Todos os serviços curativos são também preventivos, entretanto o contrário não é válido.

Pensando em pragas que podem aparecer na sua casa ou empresa, é bom estar atento àquelas que já sabemos quando provavelmente vão aparecer em nosso lar, certo?

Dica: Qual a época certa para o controle de cada praga urbana?

Já para falar do processo curativo, é imprescindível prestar muita atenção em sinais de infestação dos bichinhos que podem atrapalhar nosso dia a dia.

Não sabe ainda quais são os sinais para identificar possíveis incidentes com pragas em seu ambiente? Temos um infográfico perfeito para você, acesse clicando na imagem abaixo:

banner-sinais-de-que-seu-negocio

Basicamente, a resposta da pergunta é: SEMPRE. Mesmo que não haja pragas em seu ambiente, é uma questão de saúde estar prevenido.

Por que recorrer ao controle de pragas

Qualquer edificação pode ser invadida por pragas urbanas. Os animais procuram refúgios onde possam fazer seu ninho e alimentar-se com tranquilidade. Uma brecha no assoalho ou um buraco na parede já são suficientes para dar início a uma infestação.

Inseticidas e armadilhas domésticas não resolvem o problema. Eles até eliminam os bichos visíveis, mas dificilmente atingem o local onde as criaturas se reproduzem. E, acredite, as colônias podem dobrar de tamanho rapidamente.

Os incômodos são diversos. Cupins destroem o patrimônio. Ratos e insetos transmitem doenças. Sem contar o aspecto de sujeira do ambiente, por mais que você invista em limpeza.

A solução, portanto, é o controle profissional de pragas. O serviço é adequado para academias, boates, residências, comércios, escolas, hotéis, indústrias, escritórios e veículos de transporte coletivo. O importante é encontrar uma equipe idônea, que adote uma política de qualidade e ofereça assistência técnica após o procedimento.

Boas práticas no controle de pragas

Na hora da execução de qualquer um dos serviços, para que haja máxima eficácia e nenhuma intercorrência, você precisa seguir algumas recomendações específicas. Essas indicações são baseadas na segurança antes, durante e após a realização dos serviços. Solicite sempre essas informações à empresa contratada, pois isso faz parte de uma regulamentação federal, a Resolução da Diretoria Colegiada número 52.

Confira o nosso Manual de Recomendações sobre os Serviços na imagem abaixo:

banner-manual-de-recomendacoes

Conclusão

Acredito que você tenha entendido o recado, né? Dedetização está fora de moda. O termo atual mesmo é Controle de Pragas, pois abrange muito mais do que somente a aplicação de um produto em seu ambiente.

O DDT é um produto proibido no Brasil. Escolha sempre empresas que, além de estarem regulares legalmente, utilizem produtos domissanitários e não agrícolas, isso garante a qualidade do serviço prestado.

Tenha o controle de seu ambiente em dia e saiba quais são as principais pragas que podem acometer seu lar ou empresa, de acordo com a estação.

Dica: Quanto custa uma dedetização?

Por fim, lembre de questionar, quando for realizar orçamento, quais são os diferenciais e qualidades da empresa controladora de pragas. Às vezes o barato pode sair caro quando o serviço não é bem feito!

Conte com os mais de 30 anos de tradição da Hoffmann. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul. Fones: (51) 3545-4999 | (51) 98111-4999 | (54) 99983-5959. Whatsapp: (51) 99749.4400.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios