(51) 3545-4999 | (51) 98111-4999 | (54) 99983-5959 | (51) 99749-4400

Blog

Novidades e conteúdo exclusivo sobre controle de pragas.

Ah, o verão: época de pegar estrada, abrir a casa da praia e… fazer faxina. Antes de curtir o mar, é preciso arejar os cômodos e tirar o pó dos móveis, certo? Ocorre que, durante os meses em que a residência ficou fechada, o estrago pode ter ido além da sujeira. A alta incidência de cupins no litoral costuma causar prejuízos.

Como atuam os cupins no litoral

A atividade dos insetos diminui no inverno. Ainda assim, eles ficam alojados nos esconderijos mais inusitados: batentes de porta, rodapés, forros de telhado, estrados de camas e móveis diversos. Tão logo o clima volta a esquentar, a colônia segue devorando a madeira.

É a partir da primavera que acontece o acasalamento dos cupins. Os reprodutores, conhecidos como siriris e aleluias, saem em revoada à procura de parceiros para a cópula. Quando um casal se forma, o par vai atrás de um local diferente para instalar o ninho.

O novo endereço dos cupins de madeira seca pode ser, justamente, sua casa de praia. Mesmo que ela tenha ficado trancada esse tempo todo, basta uma fresta na janela para que os bichinhos alados invadam o ambiente.

Outro agravante é a umidade. Lugares fechados, escuros e sem ventilação favorecem a proliferação de mofo – que resulta naquele odor característico presente em muitas residências litorâneas.

Porém, áreas úmidas também concentram os cupins de solo, uma espécie ainda mais destrutiva. Eles chegam a arrebentar o concreto das paredes para encontrar comida. Como os grupos se reproduzem rapidamente, o grau de infestação pode comprometer estruturas inteiras. Imagine os danos materiais!

Controle de pragas evita prejuízos com cupins

Estamos na época certa para o controle de cupins no litoral. Recorrendo ao procedimento agora, você poderá aproveitar as férias sem se preocupar com os seres indesejados.

O serviço profissional de descupinização tem ação curativa. A equipe inspeciona a residência inteira à procura dos esconderijos dos animais. Em seguida, aplica substâncias de uso restrito, capazes de conter o avanço da praga (repelentes de supermercado são ineficazes).

Vale lembrar que os trabalhadores utilizam equipamentos de proteção individual e seguem manuais de boas práticas. Assim, não há risco à saúde dos veranistas.

Ainda, o controle de cupins e brocas serve como mecanismo de prevenção. Os produtos utilizados criam uma barreira protetora, mantendo os insetos afastados de sua casa de praia por até um ano. Ainda bem, pois eles são mais úteis na natureza.

A Hoffmann possui autorização dos órgãos reguladores para atuar no controle de pragas. Entre em contato conosco e solicite um orçamento. Fones: (51) 3545-4999 | (51) 98111-4999 | (54) 99983-5959. Whatsapp: (51) 99749-4400. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios