Blog Imunizadora Hoffmann

Novidades e conteúdo exclusivo sobre controle de pragas.

Pragas urbanas podem aparecer nos lugares mais inusitados. A lista inclui até mesmo carros de passeio e veículos de carga. Além de causar aflição, a presença de insetos e roedores é uma ameaça à saúde pública. Por isso, você deve investir na dedetização automotiva. Fique conosco para saber detalhes sobre o serviço.

Quais são as pragas mais comuns em veículos?

Não existe um padrão para as infestações em ônibus, caminhões e automóveis. A praga invasora pode variar conforme os hábitos dos usuários. De qualquer maneira, separamos algumas situações bastante comuns para apresentar a você. Confira:

Carros de passeio

O principal problema dos veículos particulares está relacionado à higiene. Pense num passeio em família, por exemplo. As crianças, cansadas de viajar, fazem um lanchinho no banco de trás enquanto não chegam ao destino. O próprio motorista às vezes dá umas beliscadas num salgado, espalhando farelo por toda parte.

O risco está justamente nessas migalhas. Elas vão se acumulando entre as costuras dos assentos, embaixo do carpete e em outros locais de difícil acesso. Podem parecer insignificantes para humanos, mas servem de banquete a formigas e baratas.

O pior é que esses insetos conseguem fazer ninho no interior do painel do carro. Afinal, esse é um lugar quentinho e protegido de predadores. Pronto: infestação iniciada com sucesso.

Veículos de passageiros

O hábito de se alimentar dentro do veículo também é visto no transporte de passageiros. Táxis, carros de aplicativo, vans e ônibus devem dedicar ainda mais atenção à dedetização veicular, devido ao fluxo constante de gente que vai e vem.

Como se não bastassem os restos de comida, ainda há o transporte passivo de insetos. Essas criaturas podem estar aderidas às roupas das pessoas, ou então numa sacolas de compras.

Baratas miúdas (do tipo francesinha), formigas e até pulgas conseguem sobreviver dentro dos veículos. Sim, pulgas. Elas se escondem nos tecidos das poltronas.

Imagine o perigo para a reputação da empresa! Pulgas saltando pelo ônibus ou uma barata correndo pelo carro de aplicativo vão causar uma péssima impressão aos usuários. Adeus, avaliação cinco estrelas.

Saiba mais: Revelamos os principais esconderijos dos insetos urbanos

Transporte de carga

Porém, não se trata apenas de imagem. Estamos falando de vários níveis de prejuízo.

O transporte de cargas sofre avarias significativas devido às pragas urbanas. Se a carroceria do caminhão é atacada por cupins, a estrutura pode ficar comprometida em pouco tempo, já que os bichos destroem a madeira seca.

No interior do baú, a preocupação é com o tipo de mercadoria transportada. Alimentos, medicamentos e outros itens não devem ter contato com insetos. Se isso acontece, pode haver contaminação, e o lote inteiro fica impróprio para o consumo. Venda perdida!

Ainda, existe a possibilidade de ratos fazerem ninho no motor. Essas criaturas também representam risco sanitário, com o agravante de que roem fios e mangueiras. Os resultados da destruição podem envolver pane elétrica, curto-circuito e até incêndio.

Como evitar pragas nos veículos

Deu para perceber como as pragas urbanas são o pesadelo de qualquer motorista, né? Ainda bem que algumas medidas simples ajudam a evitar infestações. Veja:

Limpeza interna

Ao notar a presença de roedores ou insetos no carro, providencie a higienização. É necessário lavar bancos, carpetes e outros revestimentos. Já os filtros do ar-condicionado devem ser substituídos.

Localização

Procure estacionar longe de bueiros e bocas-de-lobo. Esses são locais de passagem para diversas pragas urbanas, e alguma delas pode ir parar dentro do veículo.

Limpeza externa

A garagem ou o estacionamento onde você guarda o veículo também devem estar limpos. Um local desorganizado, com acúmulo de entulho e sujeira pelo chão favorece a proliferação de pragas. Se bobear, tem até ninho de rato por ali.

Alimentação

O ideal é evitar lanches dentro do carro. Ok, essa regra é mais fácil de cumprir no automóvel pessoal ou até em vans escolares. Já para ônibus, onde não há um controle tão rigoroso dos hábitos dos passageiros, a melhor solução é reforçar a faxina com aspirador de pó logo após a viagem.

Inspeção

Se possível, observe as embalagens que você transporta. Caixas de madeira, sacolas plásticas e outras mercadorias podem ter insetos, o que ocasiona o transporte passivo.

Desinsetização

Junto a todos esses cuidados, é importante investir na dedetização automotiva. O serviço mantém o ambiente livre de pragas por vários meses.

Saiba mais: Dedetização evita multas da Vigilância Sanitária

Por que a dedetização veicular é necessária

Embora os cuidados de higiene que citamos aqui sejam essenciais, eles não fazem milagres. Sempre há chance de algum inseto escapar da limpeza e se instalar no interior do veículo.

Aí não adianta usar spray inseticida. Primeiro, porque esse tipo de produto age apenas sobre as criaturas adultas, sendo inútil contra ovos ou larvas. Segundo, porque o ninho da colônia pode estar numa área inacessível, como atrás do painel ou dentro do assento. Ou seja: a infestação vai continuar.

É por esse motivo que recomendamos a dedetização automotiva. O serviço é realizado com domissanitários de uso profissional, que eliminam quaisquer resquícios de pragas.

Além dessa ação curativa, o procedimento também tem função preventiva. Ele cria uma barreira química que protege o veículo de novas invasões por vários meses.

Vale a pena reforçar a imunização periodicamente. Dessa forma, sua frota estará segura o tempo todo.

Quando recorrer à dedetização de veículos?

A frequência para a renovação do serviço de dedetização veicular depende de alguns fatores. A saber:

Efeito residual do produto aplicado, isto é, o tempo em que ele permanece ativo;

Tipo de praga;

Atividade realizada com o veículo. Quanto mais intenso o uso, maior a necessidade de proteção.

Na dúvida, consulte uma imunizadora licenciada pela Fepam (Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler). Essa é a entidade que monitora o controle de pragas no Rio Grande do Sul.

Também é bom verificar se a equipe oferece documentação comprovando a realização do serviço. Estar com o controle de pragas em dia nas empresas é uma exigência das autoridades de Vigilância Sanitária, então o certificado facilita sua vida em eventuais fiscalizações.

Saiba mais: 7 erros que as empresas cometem ao contratar controle de pragas

Quer saber mais sobre dedetização de veículos? Fale com a Hoffmann e solicite um orçamento. Nós atuamos com controle de insetos, controle de ratos e controle de cupins e brocas.

Fones: (51) 3545-4999 | (51) 98111-4999 | (54) 99983-5959WhatsApp: (51) 99749-4400. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios

Posts Relacionados