Blog Imunizadora Hoffmann

Novidades e conteúdo exclusivo sobre controle de pragas.

Apareceu um camundongo na sua cozinha. E agora, o que fazer? Muita gente acredita que basta espalhar veneno pelo ambiente, mas essa técnica é arriscada e ineficaz. A melhor solução está nas armadilhas para ratos, cada uma com uma função específica.

Existem diversos métodos de captura e controle dessa praga. A escolha pela alternativa mais eficiente depende do grau de infestação e do tipo de atividade realizada no local. Por exemplo, iscas químicas não devem ser empregadas nas áreas de manipulação de alimentos, pois há risco de contaminação.

Em vez de raticida, você deverá recorrer a iscas adesivas, ou mesmo às gaiolas. Quer entender os detalhes? Então siga conosco. Hoje vamos explicar quais são as armadilhas para roedores disponíveis no mercado, quando recorrer a elas e por que o controle de ratos deve ser trabalho para profissionais. Boa leitura!

Por que o veneno de rato demora para fazer efeito?

Antes de listarmos os métodos de captura, porém, vale explicar por que o veneno de rato não deve surtir efeito imediato. É que essas criaturas são muito espertas e identificam ameaças com facilidade.

Quando um membro da colônia ingere uma isca envenenada e morre logo depois, os demais entendem que há perigo por perto. Até mesmo o odor na urina do bicho levanta suspeitas. Resultado: a comunidade inteira passa a evitar aquela comida, buscando caminhos alternativos para ir atrás de alimento.

Sendo assim, as táticas mais eficazes envolvem a aplicação de raticida com ação lenta. O roedor engole o produto e retorna ao ninho normalmente. A morte ocorre apenas entre três e cinco dias mais tarde. Nesse estágio, o xixi já não tem os elementos que causam cheiro forte. Ou seja: vários deles podem cair na armadilha para rato sem desconfiar de nada.

Também é importante frisar que que as substâncias mais eficientes para o controle de pragas são de uso exclusivo das imunizadoras. Métodos caseiros, como o chumbinho, nunca devem ser cogitados. Esse produto é vendido ilegalmente como raticida, mas não tem efeito contra os bichos. O máximo que causa é intoxicação nas pessoas e nos pets. (Veja outras informações no link a seguir.)

Saiba mais: Como matar ratos sem pôr sua segurança em risco

Melhores armadilhas para ratos e quando usá-las

Agora que você já entendeu por que não deve confiar apenas no raticida, vamos à lista das melhores armadilhas para ratos disponíveis no mercado. Elas fazem parte de uma estratégia minuciosa de controle, que envolve a análise do perímetro, a instalação de iscas em pontos-chave e o monitoramento frequente do grau de infestação. Acompanhe:

Iscas químicas

As iscas com raticida de ação lenta são o método mais comum para resolver casos de alta infestação. Inclusive, o próprio nível de consumo do produto ajuda a calcular a quantidade de roedores presentes no local: quanto mais os bichos abocanham a isca, maior tende a ser o número de indivíduos da colônia.

A sustância usada pode ser em grãos ou em bloco. Ela é consumida pelos roedores e traz resultados em alguns dias, de forma que a praga vá sendo eliminada aos poucos.

Controle de ratos ou desratização

Controle de ratos sendo realizado em indústria.

Iscas adesivas

Como dito no início do artigo, alguns estabelecimentos correm risco de contaminação. Restaurantes, armazéns e a indústria alimentícia como um todo entram nessa categoria. Portanto, não se pode empregar iscas químicas em tais espaços.

A alternativa está na isca com adesivo, que funciona como recurso de apreensão. Sim, é exatamente o que você está pensando: a armadilha retém a praga, evitando que ela retorne ao ninho e continue seu ciclo de reprodução.

O alvo principal da isca adesiva são os camundongos, roedores que adoram despensas e cozinhas. É justamente nesses lugares que eles encontram comida à vontade.

Controle de ratos ou desratização

A isca adesiva é ideal para indústrias, comércio e serviços de alimentação.

Iscas de jardim

Áreas externas, como hortas e canteiros, também sofrem degradação devido à presença de roedores. Basta lembrar que o rato-preto, ou rato de telhado, costuma encontrar refúgio nos arbustos e nos muros dos pátios. A espécie revolve a terra à procura de alimento, podendo atacar frutas, cereais e grãos.

Para esse tipo de situação, sugerimos uma isca de captura mais específica. O equipamento tem proporções compactas e fica escondido em meio às plantas. Logo, dá para instalá-lo no jardim sem prejudicar o paisagismo. Trata-se de uma armadilha pequenina, mas igualmente eficiente no controle de pragas.

Controle de Ratos

Técnico da Hoffmann instala uma isca de jardim para controle de ratos.

Gaiolas

Por fim, temos que citar as gaiolas. Essas são um recurso emergencial, quando a infestação está tão grave que requer medidas drásticas. A captura de ratos-pretos e até de ratazanas pode ser necessária caso os demais métodos não sejam suficientes para conter a proliferação da colônia.

Se bem que, falando nisso… Como saber quantas iscas serão suficientes para suprir a demanda? E como fazer para os ratos não perceberem o perigo? Afinal, ao sentirem-se ameaçados, eles simplesmente desviam dos obstáculos, né?

Pois então. É aí que entra o trabalho da imunizadora. Somente uma equipe profissional pode garantir que os focos de infestação serão eliminados.

Como funciona o controle de ratos da Hoffmann

A equipe de desratização da Imunizadora Hoffmann parte de uma investigação técnica. Primeiro, avalia-se o local para saber qual é a espécie invasora e onde estão os focos de infestação.

Conforme o tamanho do lugar e a provável quantidade de pragas, cria-se uma estratégia de controle. É nessa fase que serão definidas as melhores armadilhas para ratos a serem utilizadas ali, bem como onde alocá-las.

Findo o mapeamento, parte-se para a instalação das iscas. A captura dos roedores ocorre de maneira escalonada. Geralmente, são necessárias três visitas dos profissionais, com intervalos de 15 dias entre elas, totalizando pelo menos um mês de aplicações.

O processo funciona dessa forma por causa do ciclo de vida dos ratos. Os filhotes só saem do ninho após atingirem a maturidade, o que leva algumas semanas. Por isso, enquanto os primeiros adultos estão sendo capturados, ainda há seres escondidos, só esperando o momento certo de sair para atacar a cozinha ou a despensa.

Resumindo, é importante realizar esse acompanhamento periódico até que todos os integrantes da colônia caiam na isca. A infestação, enfim, terá terminado.

Saiba mais: 7 sinais de infestação por ratos no ambiente

Mas desratizar o ambiente é só o começo. A partir de então, recomenda-se o mapeamento frequente do local.

A renovação do serviço de controle de pragas urbanas a cada quatro meses previne a reincidência de invasores. O tratamento, que antes era curativo, passa a ser preventivo para você nunca mais se incomodar com ratos de telhado, camundongos e ratazanas.

Está precisando de ajuda profissional? Chame a Hoffmann e solicite um orçamento para controle de ratos. Fones: (51) 3545-4999 | (51) 98111-4999 | (54) 99983-5959. Whatsapp: (51) 99749-4400. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios

Posts Relacionados