Blog

Novidades e conteúdo exclusivo sobre controle de pragas.

A maioria dos roedores tem hábitos herbívoros. Isso significa que ratos no jardim são uma ameaça. Em busca de alimento, eles destroem hortas e acabam com qualquer trabalho paisagístico.

A questão é que, em ambientes externos, o desafio de controlar uma infestação se torna maior. Venenos nem sempre são eficazes, além de pôr em risco a segurança de outros seres vivos.

Portanto, você deve conhecer os métodos mais garantidos para afastar ratos do quintal. Continue conosco e saiba o que fazer para proteger suas plantas.

Por que ratos no jardim são um problema

No Brasil, existem dois tipos de ratos que atacam os jardins com mais frequência. Um deles é a ratazana (Rattus norvegicus), que vive em tocas ou galerias no subsolo. Ela também recebe o nome popular de rato de esgoto, justamente porque consegue nadar pelas tubulações.

Esse bichão, que chega a 25 centímetros de comprimento na fase adulta, vive perto de rios e banhados. Pode, ainda, habitar terrenos baldios e depósitos de lixo.

Outra espécie que ronda as áreas verdes é o rato preto, ou rato de telhado (Rattus rattus). Apesar do nome, a colônia nem sempre se instala no forro de uma edificação. Ela pode escolher um arbusto ou uma fresta num muro para fixar moradia.

Ao contrário do que pensam os leigos, esses animais não gostam de comida estragada. Eles preferem opções saudáveis como frutas, cereais e grãos. Desse modo, o pátio de uma residência ou os canteiros de uma propriedade rural representam fontes generosas de nutrientes.

Os ratos geralmente escavam embaixo das plantas para chegar ao alimento. Assim, vão estragando gemas e raízes, o que compromete o crescimento do vegetal. Alguns detonam as sementeiras das hortaliças, enquanto outros trepam em árvores, danificando as cascas. Nem mesmo flores ornamentais escapam.

Saiba mais: 7 sinais de infestação por ratos

O pior é que tamanha fartura favorece a proliferação da praga. E o ciclo biológico é rápido. Tão logo a fêmea dá a luz a uma ninhada, ela pode engravidar novamente. Pouco mais de três semanas se passam e outras crias – entre seis e 12 – surgem para ampliar a família.

Ou seja: você deve realizar a desratização imediatamente. Do contrário, os ratos se multiplicam e vão causando estragos cada vez maiores no entorno.

Gatos não caçam ratos com tanta eficácia assim

Talvez manter gatos de estimação seja suficiente para impedir a presença de invasores, certo? Não exatamente.

Os ratos se escondem com facilidade. Quando notam predadores nos arredores, a tendência é que passem mais tempo refugiados dentro do ninho. Isso não quer dizer que a infestação foi controlada, mas, sim, que as criaturas apenas estão esperando a hora certa de agir.

Pesquisadores da Universidade de Fordham, nos Estados Unidos, testaram esse comportamento. Eles monitoraram alguns bichanos durante 79 dias. Ao fim da experiência, apenas dois ratinhos haviam sido capturados, o que demonstrou o poder de autopreservação da praga.

Além do mais, a própria ração dos felinos serve de alimento para ratos. Quando a comidinha fica em potes abertos,  ao ar livre, ela atrai os seres indesejados. O ataque ocorre sobretudo de madrugada.

Veneno para rato pode ameaçar a saúde humana

Se os predadores naturais não resolvem o problema, como evitar ratos no jardim? Muita gente recorre a plantas aromáticas.

Hortelã e aroeira são exemplos de repelentes de pragas. O odor característico dessas ervas afasta mosquitos e outros insetos, por exemplo. Porém, a eficácia contra roedores é questionável, especialmente se a colônia já estiver com um número elevado de indivíduos.

Nas infestações mais graves, o uso de raticida acaba sendo uma solução mais provável. Só que a aplicação de venenos exige conhecimento técnico.

Primeiro, é preciso reiterar que estamos falando de criaturas inteligentes. Ratazanas e ratos de telhado não comem qualquer coisa, muito menos se parecer suspeita.

Caso um membro da colônia adoeça após ingerir um alimento envenenado, os demais evitarão aquele produto. Em outras palavras, eles vão continuar vivos e à procura de opções mais saudáveis para o cardápio.

Outro recurso bastante problemático é o chumbinho. A comercialização dessa substância, inclusive, já foi proibida no país. Não só as bolinhas acinzentadas são ineficazes para a dedetização de ratos, como representam perigo à saúde humana. Há risco de intoxicação, cujos sintomas incluem vômito, náusea e taquicardia.

Saiba mais: Chumbinho não serve para matar ratos
Como controlar ratos no jardim

Como você viu até aqui, uma infestação por ratos no pátio ou no quintal não é tão simples de se resolver. As plantas oferecem alimento em abundância aos roedores, que também são especialistas na arte da fuga. Sendo assim, a solução é tornar o ambiente uma área menos convidativa aos invasores.

Confira algumas dicas para impedir o acesso e o abrigo de ratos no seu jardim:

– Acondicione o lixo em latões ou caçambas fechadas;

– Evite entulho de caixas, embalagens e outros materiais no pátio, pois podem servir de esconderijo para as pragas;

– Instale grades nos ralos, evitando que as ratazanas saiam pela tubulação de esgoto;

– Mantenha os gramados sempre aparados;

– Exija a limpeza de terrenos baldios no perímetro. Um vizinho que esteja atraindo mosquitos, baratas e ratos também deixa sua propriedade vulnerável a infestações. Se necessário, denuncie o caso ao órgão competente da prefeitura.

Esses cuidados já ajudam a diminuir a incidência de pragas no local. Junto a isso, você deve encontrar soluções para imunizar o jardim sem comprometer a integridade das plantas.

Conte com a experiência da Hoffmann. Nossas iscas de jardim são ideais para realizar a desratização em ambientes externos. Pequenos, mas altamente eficazes, os equipamentos podem ser instalados com discrição entre folhagens e arbustos. Essa medida preserva a beleza estética do trabalho de paisagismo.

Nossa equipe também utiliza domissanitários recomendados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Tratam-se de substâncias de uso controlado, aplicadas apenas por profissionais. Observadas as normas de boas práticas, esses produtos agem no controle de pragas sem risco à saúde humana ou ao meio ambiente.

Entre em contato conosco e solicite um orçamento para controle de ratos. Fones: (51) 3545-4999 | (51) 98111-4999 | (54) 99983-5959. Whatsapp: (51) 99749-4400. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios