Blog Imunizadora Hoffmann

Novidades e conteúdo exclusivo sobre controle de pragas.

Cidades como Gramado, Caxias do Sul e Bento Gonçalves são famosas pela arquitetura típica. O estilo colonial, com seus chalés e móveis de madeira, ainda está presente em várias localidades. Só que as estruturas podem sofrer danos por causa dos cupins. Por isso, hoje vamos falar de soluções para descupinização na Serra Gaúcha.

Vale lembrar que não existe época certa para recorrer ao serviço. Pode não parecer, mas os bichinhos permanecem ativos – e destruidores – o ano todo. O importante é contar com ajuda especializada. Isso porque, nos casos graves de infestação, as soluções caseiras para matar cupim perdem eficácia. Fique conosco e entenda os detalhes.

Como funciona a descupinização profissional

Os cupinicidas que você encontra no mercado até eliminam alguns insetos adultos. Só que há dois problemas no manejo desses produtos. Primeiro, eles são altamente tóxicos, então um leigo corre risco de saúde ao aplicá-los. Segundo, as substâncias dificilmente atingem o núcleo da colônia, aí a rainha continua botando ovos e o ciclo de destruição não para.

É por esse motivo que você deve recorrer a um serviço especializado de descupinização. O também chamado controle de cupins funciona em três etapas:

Investigação técnica

Nesse momento a equipe avalia o local para entender a gravidade da situação. É hora de encontrar o ponto de origem do cupinzeiro e avaliar o nível de destruição já causada. Essas informações são importantes para os profissionais elaborarem a melhor estratégia de combate à praga.

Identificação da espécie

As variedades mais preocupantes são o cupim de solo e o cupim de madeira seca. Cada um tem características biológicas próprias e reage de maneira diferente ao cupinicida. Portanto, é necessário saber qual é a espécie invasora para garantir um serviço focado na solução do problema.

Aplicação do cupinicida

Essa é a fase do tratamento propriamente dita. Para áreas grandes, geralmente ocorre a pulverização de substância líquida ou em pó. Se a ideia é imunizar um móvel delicado, provavelmente será usada a injeção focal. Existe, ainda, a opção de se recorrer a barreiras químicas no solo para evitar novas infestações. A escolha de cada técnica vai depender das demandas do cliente.

Dedetização de cupim

Técnico da Hoffmann aplicando injeção focal em móvel de madeira durante o procedimento de descupinização profissional.

Saiba mais: Infestação de quê? Como identificar a praga invasora

Qual é a melhor época para descupinização na Serra Gaúcha

É raro encontrar cupins nos dias de frio rigoroso da Serra Gaúcha. Porém, não se iluda: essas criaturas permanecem dentro da madeira, apenas aguardando condições mais favoráveis para sair do esconderijo e procriar.

De todo modo, a atividade destruidora dos insetos diminui um pouco no inverno. Eles entram num estado similar ao da hibernação. Ou seja: época perfeita para acionar o serviço de descupinização profissional. Assim você protege seu patrimônio antes que os estragos sejam maiores.

Mesmo que você não perceba focos de infestação, vale a pena recorrer ao controle de cupins e brocas para fins preventivos. A barreira química tem efeito residual, isto é, continua agindo inclusive depois da aplicação. Dessa forma a área fica protegida por vários meses.

Agora, se você não tomou essa precaução, fique de olho no termômetro. Conforme as temperaturas se elevam, o ritmo de trabalho dos cupins também aumenta. Muitos deles saem em revoada na primavera para encontrar parceiros, escolher um novo local de moradia e dar início a mais uma colônia.

Nesses casos, é bem provável que o objetivo do controle de cupins seja curativo. O serviço terá como objetivo acabar com os focos de infestação já existentes.

Importante: os resultados da descupinização na Serra Gaúcha duram cerca de um ano. Depois desse período, o efeito residual do cupinicida perde a eficácia, deixando móveis e estruturas de madeira mais uma vez expostos ao ataque. Portanto, lembre-se de incluir a renovação do controle de pragas no seu orçamento familiar.

Dedetização de cupins

Arquitetura colonial preservada: utilizamos técnicas específicas para o controle de cupins, sem danificar móveis ou alterar cor e texturas.

Saiba mais: Caso real mostra o poder de devastação dos cupins

4 dicas para um controle de cupins mais eficiente

Alguns cuidados no dia a dia evitam que os cupins se alojem em sua casa. As dicas abaixo não resolvem completamente o problema, mas diminuem bastante as chances de infestações graves. Acompanhe:

1. Dê preferência a móveis fabricados com madeira de lei ou outro material de alta densidade. Como essas estruturas são mais difíceis de mastigar, os cupins acabam desistindo do ataque.

2. Instale telas protetoras nas portas e nas janelas. Elas funcionam como barreira não só para cupins, como também para insetos noturnos. Solução perfeita para deixar a casa aberta e arejada nas noites de verão, sem se preocupar com invasão de pragas.

3. Inspecione os objetos que vêm da rua, como caixas de madeira e papelão. Elas podem ter cupins escondidos. O mesmo vale para a lenha que você usa no fogão ou na lareira. Já que seria difícil enfrentar o frio sem ela, o jeito é escolher peças que não estejam infestadas.

4. Falando nisso, descarte móveis, utensílios e quaisquer outros objetos pequenos que apresentem sinais avançados de deterioração por cupins. Na dúvida, informe-se junto à prefeitura de seu município para saber qual é o procedimento correto. Esses itens não devem ser queimados, pois podem liberar resíduos tóxicos.

Saiba mais: 3 fake News sobre cupins que seu avô espalhava por aí

Descupinização na Serra Gaúcha: chame a Hoffmann

Você mora em Bento, Caxias, Gramado ou qualquer outra cidade da Serra Gaúcha? Então conte com os serviços de descupinização da Hoffmann. Nossa empresa tem mais de 30 anos de experiência em controle de pragas.

Seguimos todas as boas práticas para um resultado eficiente. Temos licença da Fepam (Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler) e utilizamos apenas domissanitários autorizados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Isso assegura a eficácia da imunização, mas preservando o meio ambiente e o bem-estar do público.

Ainda, vale lembrar que oferecemos garantia de um ano com assistência técnica durante todo o período. Se você tiver dúvidas sobre os procedimentos ou precisar de um monitoramento mais frequente da infestação, pode contar conosco!

Entre em contato e solicite um orçamento para controle de cupins e brocas (descupinização).

Fones: (51) 3545-4999 | (51) 98111-4999 | (54) 99983-5959WhatsApp: (51) 99749-4400. Atendemos na Serra Gaúcha, no litoral e em todas as demais regiões do Rio Grande do Sul.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios

Posts Relacionados